Hierarquia

HIERARQUIA NAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS
LIDERANÇA E FUNÇÕES

PASTOR:
Homem ungido por Deus para apascentar o rebanho (Igreja).

EVANGELISTA:
Homem, conforme o próprio nome indica, responsável pela evangelização do campo ou área afeta à Igreja local. Tem atribuição básica de divulgar a mensagem. Sua função é parte do Ministério da Igreja. Tem voto como Pastor nas Assembléias de Convenção.
PRESBÍTERO:
É o auxiliar direto do Pastor, em alguns casos. Na falta do Pastor, o Presbítero pode assumir a direção da Igreja local (congregação). Mediante autorização do Pastor-Presidente, pode exercer funções Pastorais como pregar e realizar batismos e ceias. Em geral, realizam estes trabalhos em Congregações sempre com a Mediante autorização do Pastor-Presidente.
MISSIONÁRIO:
Enviado/Comissionado por uma Igreja local para evangelizar em outro local (Interior do Estado, do País ou no Exterior).
DIRIGENTE:
Pastor, Evangelista ou Presbítero com a responsabilidade de dirigir uma Igreja ou Congregação subordinada à Liderança da Igreja sede.
DIÁCONO:
Tem funções operacionais, cuidando da parte material da Igreja e de serviços como o preparo e a distribuição da Ceia do Senhor, organização, segurança e portaria, arrumação, ordem nos cultos, obras, recolhimento das ofertas e dízimos, recepção aos visitantes, …
COOPERADOR:
(Auxiliares de Trabalho) Pode ter cargos ou administrar informalmente alguma área, como louvor, visitação, secretaria, guarda das ofertas, porteiro, etc. Também auxiliam nos diversos trabalhos da Igreja como: portaria, secretaria, tesouraria, manutenção, etc.
OBREIRO:
(Veja: PRESBÍTERO, DIÁCONO, COOPERADOR).
SUPERINTENDENTE:
Responsável pela Escola Dominical.
PROFESSOR:
Professor de Classes de Escola Dominical (Adultos, Jovens, Adolescentes, Crianças, Discipulado, Obreiros).
COORDENADOR:
(Veja: LÍDER).
LÍDER:
(COORDENADOR) Dirigentes de Departamentos (Círculo de Oração, Mocidade, Adolescentes, Infantil, Evangelismo, Coral, Banda, Louvor, …).
MEMBRO:
(CRENTES ou IRMÃOS) Compõem o corpo da Igreja. As pessoas tornam-se membros da Igreja Espiritual pela experiência da salvação (arrependimento e aceitação de Jesus Cristo). Entretanto, tornam-se membros da Igreja local, através do batismo em água e, se vierem de outra Igreja, por Carta de Transferência ou por Aclamação.
Congregado:
Membro novo em vias de preparação para o Batismo nas Águas.
FONTE REVISTA EBD
error: Content is protected !!